Sistema de PVC corrugado adequa SANECOR®

Máxima eficiência para as redes de saneamento

Aplicações

Redes de esgotos urbanos, coletores de águas residuais e pluviais, coletores intercetores, emissários, drenagens, etc. Em geral condutas para o transporte de água e outros líquidos por gravidade (tubagens industriais, substituição de acéquias de regadio, etc.).

Principais vantagens

  • Sistema completo de saneamento totalmente estanque.
  • Valores muito altos de rigidez face às cargas, a curto e a longo prazo.
  • Elevados diâmetros interiores que garantem caudais ótimos.
  • Produtos sustentáveis que asseguram uma eficiência energética máxima durante todo o seu ciclo de vida.
  • Fiabilidade e garantia amplamente reconhecidas no mercado.

Gama

  • Tubagens em PVC com parede estruturada de camada dupla, lisa no interior e corrugada no exterior: diâmetros nominais (em mm) DN160 – DN1200, com 6 e 3 metros de comprimento. Rigidez nominal SN8 (≥8 kN/m2).
  • Peças especiais em PVC para toda a gama de diâmetros: mangas, cotovelos, derivações, ampliações e tampões. Peças corrugadas SN8 em DN630 a DN1200.
  • Conexões mediante clips elastoméricos para toda a gama de diâmetros, clips mecânicos com junta elástica (DN160 e 200 em coletores DN315), e junções ligadas a 45º e 90º para coletores até DN500. São também incluídas fresas para brocas DN160, 200 e 250.
  • Caixas de visita pré-fabricadas, com os diâmetros DN800, 1000 e 1200, e profundidades até 9 m. As ligações ao coletor podem ser feitas mediante conexões diretas no corpo do poço, mediante base inspecionável na chave do coletor, a direito ou com mudança de direção, e mediante peças para junções com passagem total. Inclui também caixas e poços de inspeção em DN600 e DN800.
  • Além disso, pode ser fabricada uma ampla gama de caixas e poços à medida para múltiplas aplicações: recolha de amostras, separadores de gorduras, caixas sifonadas, poços de ressalto, etc.

Características

CARACTERÍSTICAS FÍSICAS e QUÍMICAS
Densidade: 1.350 ÷ 1.520 kg/m3
Coeficiente de dilatação linear: 8 x 10-5 m/m. ºC
Condutividade térmica: 0,13 kcal/m.h. ºC
Calor específico: 0,2 ÷ 0,3 cal/g.ºC
Temperatura de amolecimento Vicat: ≥79 ºC, segundo a norma UNE-EN 727:1997
Limites de pH: Entre 3 e 9, a 20 ºC
Resistência ao diclorometano: A 15 ºC, durante 30 min, segundo UNE-EN 580:2003
Ensaio da estufa: De acordo com a norma ISO 12091:1995
CARACTERÍSTICAS MECÂNICAS
Rigidez anular (também designada RCE=
Rigidez Circunferencial Específica):
RCE ≥8 kN/m2, segundo UNE-EN ISO 9969:2008
Coeficiente de fluência a 2 anos:
≤2,5, segundo UNE-EN ISO 9967:2008
O valor real oscila entre 1,6 e 1,8
Resistência ao impacto: Segundo UNE-EN 744:1996 (método do mostrador do relógio)
Flexibilidade Anular 30% de deformação em DN160 a D315, e 20% em DN400 a DN1200, segundo UNE-EN ISO 13968:2009
CARACTERÍSTICAS HIDRÁULICAS
Estanqueidade com junta elastomérica Ensaios a 0,05 MPa com desvio angular e com deflexão diametral, com pressão interna: segundo UNE-EN1277:2004
Estanqueidade com junta elastomérica com depressão interna: Ensaios a -0,03 MPa com desvio angular e com deflexão diametral, segundo UNE-EN1277:2004
Rugosidade equivalente (Prandtl-Colebrook): K= 0,01 mm (para águas limpas)
K= 0,10 ÷ 0,25 mm (para águas residuais)
Sanecor

Tabela de preços

Descarregar

Documentação técnica

Descarregar

Qualidade: normas e certificados de produto

Certificados AENOR e CERTIF de acordo com a norma UNE-EN 13476

AENOR Nº 001/006430

CERTIF

 

Certificados AENOR e IQNet de Sistema de Gestão de Qualidade de acordo com a norma ISO 9001

AENOR ISO 9001 IQNET ISO 9001

Certificados AENOR e IQNet de Sistema de Gestão Ambiental de acordo com a norma ISO 14001

AENOR ISO 14001 IQNET ISO 14001